Transforme Obstáculos Em Oportunidades​

Quando eu pensei em fotografar este Outfit, eu estava certa de que eu queria que ele estivesse embaixo de uma cerejeira rosa, porque, sabe, tudo combinaria lindamente.

Eu estabeleci essa intenção e entreguei ao Universo.

A primavera chegou e eu comecei a procurar por parques que poderiam ser escolhidos. As cerejeiras rosas são as minhas árvores favoritas, mas elas são muito exigentes. Elas abrem apenas por alguns dias e as condições climáticas devem ser perfeitas para que elas floreçam. Então, eu sabia que precisaria de alguma sorte também.

Sempre que eu saio, preciso de muitos preparativos. Do tempo extra das paradas que necessito fazer ao longo do caminho para que eu possa esticar as minhas pernas, até verificar de antemão se os lugares são livres de barreiras. Naquela semana em particular, não consegui ir para outro local, a cerca de uma hora de carro daqui, onde o chamado “Festival da Cerejeira” estaria acontecendo.

Não vou mentir, eu fiquei triste.

Eu não ia fotografar a minha roupa e ver um corredor cheio de Sakuras em flor — que é um dos meus pequenos sonhos.

No entanto, eu ainda queria tirar fotos com esta roupa. Então, lá eu rolei para o parque da minha cidadezinha. E assim que entrei, as cores rosas vibrantes no meu lado direito me chamaram a atenção.

UMA ÚNICA ÁRVORE DE CEREJEIRA TODA FLORIDA! 🌸

Eu não tinha ideia de que eles tinham uma porque eu nunca estive lá por volta dessa época. Foi uma surpresa tão linda! O meu marido só conseguia rir em contentação de me ver tão animada.

lina-levien-sakura-outfit

Eu rolei direto para a Sakura e não saímos de lá pelos próximos 20-30 minutos! Eu estava maravilhada com a sua beleza e foi um pouco difícil me concentrar nas fotos. É por isso que eu tenho um pouco de batom nos dentes! 😂

Enquanto eu admirava as flores rosadas, o enorme tronco e o meu marido tentando capturar a foto perfeita, comecei a pensar em como os obstáculos são desvios na direção certa — uma lição que reaprendi com a Gabby Bernstein.

Se eu tivesse ído no Festival, teria sido muito estressante! A viagem, a multidão. Muito provavelmente eu nem conseguiria tirar as fotos que eu tinha em mente.

Mas lá eu tive a cerejeira só para mim. E as fotos ficaram mágicas. Não só por causa da árvore, mas porque o meu marido realmente consegue capturar a minha essência.

lina-levien-sakura-outfit (2)

lina-levien-sakura-outfit (3)

lina-levien-sakura-outfit (13)

lina-levien-sakura-outfit (11)

lina-levien-sakura-outfit (14)

lina-levien-sakura-outfit (9)

lina-levien-sakura-outfit (4)

Agora, deixa eu te mostrar os detalhes do Outfit. A combinação de vermelho e rosa é algo que eu amo. Na verdade, eu já escrevi isso aqui antes, no meu primeiro artigo Minha Moda La Vie En Rose. No entanto, esta é a primeira vez que eu compartilho em fotos.

lina-levien-sakura-outfit (16)

lina-levien-sakura-outfit (7)

lina-levien-sakura-outfit (17)

lina-levien-sakura-outfit (6)
Oh, oi denovo, meus compadres!

lina-levien-sakura-outfit (8)

lina-levien-sakura-outfit (15)

Continuando com a parte woo-woo do post…

Quando comecei a estudar ensinamentos metafísicos em 2009, eu costumava ler coisas do tipo “você cria o seu próprio destino” — ponto final. Então, quando as coisas davam “errado/diferente” do que eu tinha “criado na minha mente”, eu pensava que estava fazendo algo errado, porque se eu tivesse focado corretamente, não teria dado errado.

Isso fez com que eu me sentisse miserável por dentro por quase 10 anos!

Porque a única coisa que eu mais queria no mundo inteiro era curar os sintomas da minha condição autoimmune. Eu me concentrava em um corpo saudável e capaz de se mover sozinho, e isso era o que eu não conseguia criar. Foi quando eu decidi parar de tentar controlar tudo e apenas ser feliz, não importasse o quê. Logo após esta epifania, A Arte de Redefinir-se veio a ser.

E alguns meses depois, encontrei os elos perdidos dos meus primeiros ensinamentos metafísicos. Na verdade, deixa eu ser direta: eu fui guiada a eles porque, pela primeira vez, eu estava alinhada com a energia para receber esta orientação.

Eu chorei a primeira vez que ouvi Gabby Bernstein dizer: “Obstáculos são desvios na direção certa. (…) Talvez esse diagnóstico seja uma oportunidade para se aproximar de Deus.”

Isto me atingiu de uma maneira muito profunda. O obstáculo da cadeira de rodas foi um desvio para a minha conexão espiritual. Foi um desvio para uma jornada que eu precisava fazer. Uma jornada que eu não teria embarcado se eu não estivesse tão ferida.

Eu amo essa citação abaixo. A ferida é o lugar onde a cura acontece. Se não há ferida, o que há para curar e aprender?

lina-levien-quotes-rumi-pt

Sabes quando ouvimos pessoas dizerem coisas como “Eu não mudaria nada que aconteceu comigo”?

Eu entendo. Porque eu também não mudaria. Eu não vou dizer que esta jornada tem sido fácil, MAS tem sido uma bênção. Tem me ajudado a desvendar coisas sobre mim mesma que eu não sabia, assim como me guiar para quem eu quero ser e como eu quero contribuir no mundo.

Obstáculos são desvios na direção certa. Transforma os teus obstáculos em oportunidades, Terráquea.

O negócio é o seguinte: não é porque o resultado final foi diferente do que tu planejastes que significa que ele deu errado. Em cada obstáculo há uma divina oportunidade para despertar e aprender. Faz o teu melhor para achar essa oportunidade

Tu nem sempre percebes a direção certa imediatamente — eu levei quase uma década para perceber a minha. Talvez esse obstáculo seja uma oportunidade para algo muito maior do que tu tenhas pensado anteriormente. Simplesmente confia que estás sendo guiada.

E se tu ainda não consegues ver nenhuma oportunidade nesse obstáculo (eu também já estive lá), te lembra dessa citação poderosa:

lina-levien-quotes-maya-angelou-pt

Tudo o que é preciso é uma mudança de percepção. É disso que se trata A Arte de Redefinir-se.

Sabes aquele velho ditado “Deus ri quando fazemos planos”? Não estou dizendo que nascemos com todo o nosso destino já escrito em pedra. Eu não acredito nisso. O que eu acredito é que nosso livre arbítrio nos leva a um destino. E na jornada para esse destino, tu podes escolher Te Entregar ou controlar. Cabe a ti escolher qual caminho seguirás.

Nas duas primeiras décadas da minha vida, optei por controlar.

Agora escolho Me Entregar.

Eu escolho amar o meu corpo ao invés de temer o meu corpo.

E desde então, eu tenho feito o meu melhor para escolher o Amor ao invés do medo todos os dias.

Eu escolho fazer o meu melhor para encontrar uma oportunidade em todos os obstáculos que a vida me apresenta.

O que tu vais escolher?

Com todo o meu amor,

Lina

Artigos relacionados e escolhidos a mão para ti:

lina-levien-the-art-of-redefining-yourself
O início da Arte de Redefinir-se
lina-levien-fear-vs-intuition
Se estiveres com medo, leia isto: Medo vs. Intuição
lina-levien-how-to-style-rose
Como Estilizar a Cor Rosa
lina-levien-fashion-and-phobias
Fashion & Fobias

lina-levien-ll-collective-pt

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s